10 brejas novas para chamar “Jesus de Genésio” no Piri Bier 2018

Acontece de 30 de maio a 2 de junho, no Cavalhódromo em Pirenópolis, a 7a edição do Piri Bier, considerado o maior festival de cervejas Artesanais do Centro-Oeste. Pra quem adora chapar o melão, o evento contará com cerca de 250 rótulos de cervejas artesanais de expositores de cervejarias de Goiás, Brasília e das regiões Sul e Sudeste do país.

E esta edição traz novidades no mercado cervejeiro. O Goianidades selecionou as 10 brejas inéditas no festival pra deixar qualquer um mucho loko.

COLOMBINA TESOURINHA

A Colombina, parceira desde a primeira edição do Piri Bier, levará para o Festival três lançamentos. Entre elas é a Colombina Tesourinha, uma American IPA que tem em sua formulação a fruta nativa do Cerrado “siriguela”, lançada em abril e faz uma homenagem a Brasília. O rótulo traz um conjunto de referências à cidade, como os azulejos de Athos Bulcão.

BANANADA COZUMEL

Quem participou do Bananada 2018 pode degustar esta outra novidade da Colombina. Segundo o sommelier da marca, Alberto Nascimento, a valorização das características locais da marca goiana vai muito além de sabores e aromas, o que ficou claro com o desenvolvimento desse mais recente rótulo que se juntou à família Colombina. A tradicional bebida feita com cerveja, limão e sal é um item presente no cardápio de inúmeros restaurantes, bares e pubs. “Buscamos traduzir para a cerveja aquele sentimento nostalgia dos botecos que todo mundo tem uma certa afinidade e trazer para essa bebida aquela sensação de frescor e goianidade que é típico dessa mistura. A Colombina Bananada Cozumel é realmente um comportamento que virou cerveja” pontua Nascimento.

CERVEJA EXCLUSIVA PREMIADA – estilo Saison

A outra novidade que será levada para festival é a cerveja vencedora da 1ª Copa Piri Bier, desenvolvida pelo cervejeiro André Kopper. Essa cerveja tem estilo Saison e é exclusiva do festival. “É muito bom ser reconhecido pela qualidade da cerveja produzida. São muitos anos de estudo e trabalho, acredito que os frequentadores do festival vão gostar muito da minha receita”, relata Kopper. A receita será servida pela Colombina.

OKTOS ARTESANAL

Vários rótulos de cervejas artesanais presente em Goiás e no Distrito Federal estarão no festival. Entre as artesanais goianas encontraremos a estreante cervejaria Oktos Artesanal, de Aparecida de Goiânia. A breja ganhou fama e notoriedade entre os drink-trucks das feirinhas e parques nos bairros periféricos da região metropolitana de Goiânia. Já bebeu um copo de chope Oktos na feira de domingo da Vila Brasília?

CAVALO LOUCO

Outra estreante goiana no festival é a Cavalo Louco. Fundada pelos experientes empresários Leandro Simões e Pedro Aris, e com o auxilio do sommelier e mestre em estilos, Guilherme Coloço Mixtro, lançaram cinco estilos de cervejas artesanais: Pilsen, Weiss, IPA, Imperial IPA e New England IPA. Os rótulos das cervejas foram elaborados em parceria com o renomado grupo goiano Bicicleta sem Freio e tem como tema os índios Sioux.

CANARINHO

A outra breja nova nesse rolê é uma cerveja desenvolvida especialmente para a Copa do Mundo que vai se chamar Canarinho. É uma Pilsen bem leve e refrescante trazida pela Hop Capital, uma cervejaria nova em Brasília, que já possui 10 rótulos de cervejas, sendo que cinco são IPA, especialidade da casa.

PAINKILLER

A nova linha de cervejas X Craft Beer, do cervejeiro Alexandre X, é outra novidade do festival de cervejas artesanais em Pirenépolis. Quem comparecer ao evento poderá desgustar a Painkiller (Double IPA), que chega pela primeira vez ao Centro-Oeste.

DRESSED IN BLACK

Outra novidade é a Dressed in Black (Black Rye IPA), também da nova linha de cervejas X Craft Beer.

TRIGO DO CERRADO

A Hop Capital também estará com lançamentos exclusivos no Piri Bier 2018. A Trigo do Cerrado é uma típica Weiss (cerveja de trigo) extremamente equilibrada e que agrada muito os apreciadores do estilo.

WOOD AGED

E por último, o Festival vai receber o projeto Tanoa, desenvolvido pelo químico e cervejeiro Luis Eduardo Neves em parceria com a Dornas Havana, dos sócios-proprietários Eduardo e Edson Martins. Trata-se de uma pesquisa feita com cerveja envelhecida com madeira. No evento acontecerá o lançamento da Wood Aged que tem em sua formulação jequitibá, bálsamo e castanheira. Além disso, os cervejeiros que participarem do Piri Bier poderão trocar experiências e conhecer um pouco do processo, pois serão comercializados barris de madeira no estande do projeto.

Serviço:

Piri Bier 2018

Quando: De 30/05 a 02/06

Horário: Quarta-feira – das 18h às 3h / Quinta-feira, Sexta-feira e Sábado – das 16h às 3h

Local: Cavalhódromo de Pirenópolis

Ingressos: 2o lote: R$ 30 (quarta), R$ 40 (quinta a sábado) e R$ 120 o passaporte (4 dias). Os ingressos podem ser adquiridos no site: www.sympla.com.br/piribier2018

Mariana Magalhaes
About Mariana Magalhaes 42 Articles
Jornalista por formação, especialista em Mídia, Informação e Cultura.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*