Alguns artistas ou grupos de Rap goianos disponíveis no Spotify

Seguindo uma tendência de mercado, as empresas de streeming tem investido cada vez mais no público brasileiro. Na era digital, cada vez mais pessoas aderem às mídias digitais como forma de consumir música, desde a explosão do YouTube no Brasil.

 

Além do site de música e entretenimento do Google, algumas empresas, como Spotify, Deezer, SoundClound, entre outros, se beneficiaram da era da internet conquistanto cada vez mais artistas e ouvintes, mas o streeming ainda parece pouco explorado pelos artistas goianos, de uma forma geral.

 

Pensando nessa tendência e com a intenção de enriquecer a sua playlist, separamos aqui alguns artistas de Rap goianos que podem ser ouvidos no Spotify. Frisando que, apesar de uma minuciosa pesquisa, provavelmente nem todos os trabalhos serão contemplados. Nossa intenção é apresentar o maior número possível de artistas, mas é possível que não conheçamos todos os MC’s goianos com músicas nas plataformas de streeming. A partir dessa lista podemos, inclusive, conhecer músicos que ainda não conhecemos e incentivar novos artistas a ingressarem nesse meio de distribuir a sua arte.

 

Vamos à lista:

 

Atendado Napalm

Após o aclamado “Pronto como um macaco para ser lançado ao espaço”, o grupo Atentado Napalm finalmente conquistou o reconhecimento nacional com o disco “Outra gravidade”. O projeto é o mais ousado entre os artistas goianos, na minha opinião, desde “A cor do futuro” do Gasper, que infelizmente não está disponível pela plataforma em questão.

 

 

Renachong

Guangueragem pura, Renachong “engole a cena” em “Bem Bolada”. Ouça o trampo do dono de um dos melhores shows que o Rap já viu.

 

 

 

Jimy

Um dos integrantes do coletivo Noiz Por Noiz, Jimy finalmente lançou seu EP de estreia “Nada é por acaso”, explorando timbres eletrônicos e mostrando toda a sua musicalidade.

 

 

 

Fora do Habitat

Da terra do Césio, um dos trabalhos mais radioativos de 2017 vem do duo Fora do Habitat. Ouça o EP “Caos Paralelo”.

 

 

 

A.Jay A.Jhota

A.Jay estreou em 2016 com seu EP solo homônimo após três anos acompanhando a banda Locomotiva Pensante nos vocais de Rap. O curto EP é uma apresentação do artista falando sobre temas fortes e pessoais.

 

 

 

NB

O Rapper NB arrisca umas rimas afiadas em cima de muito grave no disco “Segredos”, que conta com várias participações de peso.

 

 

 

Sã Consciência

“Anéis de Saturno” é o mais novo EP da Sã, sucedendo o álbum “Loucos, Santos, Delinquentes” e já pode ser conferido no Spotify.

 

 

 

Controverso

A dupla Controverso vêm com seu primeiro EP “Luta, Treta, Vício e a Realidade da Quebra”.

 

 

 

Faroeste

Apostando na Trap Music, o grupo faroeste apresenta o seu segundo álbum, “Duelos”.

 

 

 

Patrick Horla

 

O polêmico Horla e o seu “Compacto”.

 

 

 

Gasper

Um dos timbres de voz mais pesados do Rap Gyn, Gasper não decepciona e eleva o nível no single “A rua não perdoa os fracos”.

 

 

 

WU-KAZULO

Um dos coletivos em ascensão em Goiânia é o WU-KAZULO, crew formada por artistas da velha e nova escola, que ainda prepara seu primeiro EP. Enquanto não sai, confira o sigle com todos os integrantes.

 

 

 

Noiz Por Noiz

Depois de um ano de muito trabalho, o coletivo Noiz Por Noiz, ou NZ, disponibilizou várias faixas que podem ser escutadas abaixo.

 

 

 

DeVito

DeVito nunca foi na Woods nem conhece a Vila e deixa isso bem claro em “Cumulus Nimbus”.

 

 

 

Dobeco

Mais um coletivo muito ativo, o Dobeco, apresenta o “Cypher 62 #2” e mais dois freeverses.

 

 

 

Tese

“Bang-Bang” é um dos melhores singles do trio Tese e conta ainda com um dos melhores videoclipes da cena.

 

 

 

Eduardo Genuíno

Dentre o singles disponíveis em seu perfil, um dele é “O mundo é uma canção”, com participação de Aline Fernandes.

 

 

 

Davi Dee

Com participação do Gigante, Davi Dee e suas “16 Linhas.

 

 

 

Raufão

Raufão mostra que acredita no próprio sonho em “Viver do meu sonho”.

 

 

 

Jhames

“Ponto de Partida”.

 

 

 

Torre 1

“Trevo”.

 

 

 

Mensão Honrosa

 

Separamos a faixa “Êxodo”, que integra o projeto RapBox, construída apenas com MC’s Goianos. São eles: Gigante, Gasper, Nobre San, Buneco e NB.

 

 

Conhece outros artistas, Álbuns, EP’s, Mixtapes ou singles que nasceram em Goiás e não foram citados nessa lista? Comente abaixo para podermos conhecer e fortalecer nossos artistas.

Athualpa
About Athualpa 15 Articles
Athualpa "A.Jay A.Jhota" Magalhães Jr. é estudante de turismo, ex centro-avente da escolinha do Flamengo aos 17 anos, preto, rapper e amante da cultura Hip-Hop.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*