Goianos mostram grande desinteresse na Copa do Mundo

Seleção é vista como favorita, porém nas ruas de Goiânia, o entusiasmo ainda não deu o ar da graça.

A duas semanas do pontapé inicial da Copa do Mundo da Rússia, os torcedores goianos mostram um desinteresse incomum pelo maior evento do futebol mundial.  A seleção se classificou com tranquilidade nas eliminatórias e é vista como favorita para conquistar o hexa, mas, nas ruas da cidade, o entusiasmo ainda não apareceu.

Os vendedores de suvenires afirmam que o negócio anda mal das pernas, enquanto os jornais se mostram obcecados pelo estado de saúde do jogador Neymar e o tal ¨fantasma do 7 a 1¨ ainda assombra a mente da população.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Paraná, os brasileiros se dizem otimistas com a Copa, que será disputada entre 14 de junho e 15 de julho, na Rússia.

Dois terços acreditam que a seleção é favorita ao título e 35% acham que Neymar será o melhor jogador da Copa, superando os 30% que opinam que este reconhecimento será dado ao português Cristiano Ronaldo.

O problema, segundo a pesquisa, é que isso parece importar pouco aos brasileiros, já que 66% dos entrevistados afirmaram ter pouco ou nenhum interesse na Copa, enquanto 14,5% não sabem nem onde será disputada a competição.

O número reduzido de jogadores que atuam no Brasil é o grande responsável pela indiferença inédita: “dos 23 convocados, só Cássio, Fagner e Geromel disputam o Brasileiro”.

 

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*