No Caminho de Cora Coralina: Turista desbrava os encantos de Goiás em trilha

Que tal embarcar em uma viagem pelo interior de Goiás e poder desbravar os encantos do nosso estado? Foi justamente isso que gaúcha Madalena Oliveira e o namorado Túlio Martos fizeram. Eles colocaram a mochila nas costas e foram percorrer os mais de 300 quilômetros de pura beleza, poesia, gastronomia e história no Caminho de Cora Coralina.

O Caminho, é uma trilha de longo curso que liga oito cidades históricas, oito povoados e três unidades de conservação ambiental do estado de Goiás. Esse foi o desafio perfeito para Madalena, que é atleta, vencedora de maratonas e corridas pelo Brasil e exterior. Para ela, o percurso que remonta às picadas abertas por bandeirantes e pesquisadores nos séculos XVIII e XIX durante a corrida do ouro, foi uma experiência enriquecedora. “Eu sou uma pessoa que gosta de contato com a natureza, superar meus limites e conhecer lugares novos. Fiquei muito encantada com cada pedaço da trilha, que além de tudo, é muito bem sinalizada”, afirma.

Relembrando os lugares por onde passou, ela ressalta alguns momentos marcantes: “Em Alvelândia, conheci a dona Bilú, uma senhora com astral maravilhoso, que me fez uma comida típica goiana e me mostrou um vitral de panelas areadas. Parecia um atleta mostrando suas conquistas. Tudo isso parece simples, mas foi muito significativo”. A gaúcha ainda complementa: “Outro momento foi quando conheci o Luciano, um viajante que está há dez anos na estrada, percorrendo Goiás. Quando eu perguntei o motivo dele estar fazendo isso há tanto tempo, ele me respondeu que isso era o que o deixava leve e calmo”.

Madalena ainda conta, que o que mais lhe chamou a atenção foi o carinho com que foi recebida nos trechos. “A hospitalidade e recepção pelo Caminho é incrível. Conheci pessoas maravilhosas, que me receberam de braços abertos, com direito a cafezinho e uma boa prosa. Todo esse percurso foi encantador, não só pelos lugares que conheci, mas por ter sido uma experiência muito aprendizado”, declara.

Saiba mais sobre a trilha

O ponto de partida do Caminho de Cora Coralina é a cidade de Corumbá de Goiás, passando por Pirenópolis, Cocalzinho, São Francisco de Goiás, Jaraguá, Itaguari e Itaberaí até chegar na Cidade de Goiás, terra da poetisa que dá nome ao percurso. Também compõe o roteiro os parques estaduais da Serra dos Pirineus, da Serra de Jaraguá e da Serra Dourada e os povoados de Caxambu, Radiolândia, Vila Aparecida, Alvelândia, Palestina, São Benedito, Calcilândia e Ferreiro.

Ao longo do trecho há locais para caminhadas em trilhas, cavalgadas, cicloturismo, arvorismo, pêndulo rapel, escalada, tirolesa e boia-cross em meio à paisagem única do Cerrado, com serras, nascentes, cachoeiras, quedas d’água e corredeiras, além dos rios e córregos. O passeio oferece vivências na natureza, incentiva a melhoria da infraestrutura e a sinalização das unidades de conservação promovendo o turismo aliado à preservação do meio ambiente. Com isso, transforma a rota usada pelos Bandeirantes há centenas de anos em uma estrada a ser percorrida por quem busca lazer ao ar livre, aliado à cultura e tradição histórica da região.

Juliana Camargo
About Juliana Camargo 10 Articles
Jornalista, escorpiana, feminista, filósofa de bar e expert em assuntos aleatórios e sem nexo. Instagram: @jul.camargo

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*